VIDA LEGAL

HOME > VIDA LEGAL



HOME > VIDA LEGAL




VIDA LEGAL


Saiba como aumentar os músculos com pouco peso

Treinamentos leves de muita repetição podem ser mais eficientes, diz artigo.

Publicada em: 02/05/2012



Exercícios com pouco peso e muitas repetições podem ser mais eficientes para aumentar os músculos que treinamentos pesados, segundo artigo publicado na revista Applied Physiology, Nutrition, and Metabolism.

? Essas descobertas podem ter implicações importantes do ponto de vista de saúde pública porque a massa muscular é um grande contribuinte do gasto energético diário e auxilia no controle do peso ? diz o autor do estudo, Nicholas Burd.

Os pesquisadores da McMaster University conduziram uma série de testes com exercícios de resistência em diferentes variáveis (intensidade, volume e tempo, por exemplo) e descobriram que as contrações musculares de alta intensidade derivados de treinos com cargas pesadas não eram os únicos responsáveis pelo desenvolvimento muscular.

Nos treinos de resistência em homens jovens, exercícios de menor intensidade e maior volume de repetições foram tão eficazes em estimular proteínas musculares quanto os treinos pesados com menos repetições.

O educador físico Hallan Richer comenta que o chamado aumento da musculatura (hipertrofia muscular), ocorre quando a fibra muscular aumenta sua área transversa, e vários são os mecanismos de estimulação e entre eles, o próprio treinamento com pesos, que faz com que o organismo sintetize proteínas, ocorrendo assim o aumento da musculatura.

"O artigo mostra que é possível sim ter esse aumento na musculatura sem utilizar cargas excessivas. E certamente esse meio está sendo muito trabalhado em academias e com excelentes resultados. O fato é que trabalhando o músculo até a exaustão, há um aumento na produção de ácido lático, que sinaliza vias de síntese protéica, gerando maior anabolismo (na musculatura)", comenta o educador.

Hallan complementa: "contudo, devemos expor algumas observações de suma importância: primeiramente, ao estresse psicológico, pois um treinamento de baixa intensidade mas com um volume maior, o grau de fadiga é extremo, e não são todas as pessoas que tem disposição para fazer tal treino. Segundo que o estudo foi feito com homens jovens, e não tratou de se posicionar a respeito dos grupos de risco. É importante frisar que o treinamento com pesos, de alta intensidade somente se torna lesivo, se o praticante não tiver um devido acompanhamento e não tiver a técnica correta dos exercícios".


Fonte: Com informações de O Globo
Edição: F.C.
02.05.2012



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: