VIDA LEGAL

HOME > VIDA LEGAL



HOME > VIDA LEGAL




VIDA LEGAL


Para viver mais, corrida leve é melhor do que intensa

Estudo aponta que mortalidade é menor em quem corre em ritmo moderado.

Publicada em: 03/02/2015



Pessoas que correm em intensidade leve ou moderada vivem mais do que aquelas que correm em intensidade alta. Essa é uma das revelações de um estudo publicado nesta segunda-feira no periódico Journal of the American College of Cardiology, dos Estados Unidos.

Por doze anos, pesquisadores acompanharam 1.098 praticantes de corrida e 413 sedentários, todos saudáveis. Entre os corredores, foram avaliados a duração, a frequência e o ritmo dos seus treinos.  

O menor índice de mortalidade foi identificado entre as pessoas que corriam em ritmo leve a moderado, por uma a 2,4 horas semanais, divididas em até três treinos. Paralelamente, o índice de mortalidade dos indivíduos que corriam em ritmo intenso foi igual ao dos sedentários. De acordo com os pesquisadores, em geral, os praticantes de corrida eram mais jovens, tinham pressão arterial e índice de massa corpórea menor, além de índices inferiores de tabagismo e diabetes.

Ritmo

Os cientistas esclarecem que o ritmo leve corresponde a um exercício vigoroso, e o extenuante, a um exercício ?muito vigoroso?. ?Ao longo de décadas, esse nível de atividade [muito vigoroso] pode oferecer riscos, sobretudo ao sistema cardiovascular?, afirma Peter Schnohr, pesquisador do Hospital Frederikberg em Copenhagen, na Dinamarca. ?Se o objetivo é reduzir o risco de mortalidade e aumentar a expectativa de vida, correr poucas vezes na semana em intensidade moderada é uma boa estratégia. Qualquer coisa acima disso é desnecessária e prejudicial.?

Fonte: Veja
Edição: F.C.



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: