VIDA LEGAL

HOME > VIDA LEGAL



HOME > VIDA LEGAL




VIDA LEGAL


Ciclistas ensinam como pedalar de forma segura

Acessórios de segurança são indispensáveis entre os ciclistas.

Publicada em: 10/12/2012



A bicicleta é uma das alternativas de locomoção cada vez mais usual entre os moradores das grandes cidades. Os benefícios de pedalar são variados: além de favorecer à saúde e ao meio ambiente, foi considerado o meio de transporte mais rápido durante o Desafio Intermodal, promovido pelo instituto CicloBR, no último Dia Mundial Sem Carro.

Mas como andar de bicicleta de forma segura em uma cidade como São Paulo? "Para começar, o ciclista precisa se preparar antes de sair", explica Rafael Mambretti, 30, sócio-fundador de uma empresa que presta serviços de entrega somente com bicicletas. "Aquecer e alongar o corpo com movimentos simples ajuda a evitar lesões." Outro ponto importante é a posição do corpo na bicicleta. "Os joelhos devem estar paralelos ao quadro, e as mãos na largura do corpo."

Acessórios de segurança são indispensáveis entre os ciclistas. "Luz de sinalização para a noite e refletores, bem como o capacete, são fundamentais", diz Carlos Eduardo de Faria Ronca, diretor do instituto  AroMeiaZero.

Luvas, óculos de proteção, capa de chuva e roupas claras para chamar a atenção também são recomendadas.

Cuidar bem da manutenção da bicicleta ajuda a evitar problemas. "As bikes têm uma mecânica simples. Basta verificar se o guidão está sem folga, se pneus estão calibrados, os pedais apertados e o freio regulado", conta Mambretti.

A forma de conduzir a bicicleta nas vias também determina a probabilidade de acidentes. "O ciclista deve sempre andar em linha reta e nunca na contramão. Ocupar a faixa e sinalizar com os braços também contribui para que seja bem recebido nas ruas", explica.

Assim como o motorista de carro, o biker precisa conhecer os direitos e deveres dos condutores, segundo o Código Brasileiro de Trânsito.

"Está na legislação. O motorista do veículo motorizado deve respeitar a distância de meio metro ao ultrapassar a bicicleta e ainda diminuir a velocidade de forma compatível com a segurança do ciclista", explica.

Do mesmo modo os "bikers" não podem pedalar nas calçadas, nem fazer manobras ou usar fones de ouvido. Atitudes como jogar lixo na rua, ameaçar pedestres e não prestar socorro também estão sujeitos a multa.

"Depois que conheci o código passei a pedalar melhor e com mais segurança. Sei o que posso ou não fazer", diz Wilson Vasconcelos, 29, empresário que há nove meses passou a usar a bike como meio de transporte.

"Vendi o carro e agora pedalo15 km de casa até o trabalho todos os dias. Aproveito para passar pelo meio do parque do Ibirapuera e assim começo bem o dia", conta.

Para a stylist, modelo e artista plástica Chiara Gadaleta, as pessoas estão mais propensas ao uso da bicicleta porque procuram um modo mais independente de se locomover na cidade. "Ninguém quer ficar parado no trânsito".

E, segundo ela, a moda acompanha também essa tendência. "Além dos tecidos próprios e também os naturais que ajudam a pele respirar durante a transpiração, é perfeitamente possível levar sapatos e roupas mais sociais na mochila para trocar."

O ciclista entregador Cássio Danilo Sanchez, 26, incorporou totalmente a moda esportiva no seu dia a dia. A bicicleta é o veículo que ele usa todos os dias para ir de Guarulhos até São Paulo. "Eu me adequo conforme a situação. Pedalar transformou para melhor meu estilo de vida."


Fonte: Folha de S. Paulo
Edição: F.C.
10.12.2012


Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: