VIDA LEGAL

HOME > VIDA LEGAL



HOME > VIDA LEGAL




VIDA LEGAL


Bora correr? Veja como sair do sedentarismo!

Decidiu que 2016 é o seu ano de botar pra correr? Então veja as dicas para pular do sofá e sair do sedentarismo em 2016.

Publicada em: 27/05/2016



Acabaram as desculpas, chegou a hora de botar pra correr! Para te ajudar a sair do sedentarismo em 2016, falamos com a treinadora Adriana Genioli, que separou algumas dicas para que você pule do sofá e tenha uma vida muito mais ativa. Confira:

Pegue leve

No início do processo para sair do sedentarismo, treinar três vezes por semana já é o bastante, pois nesse período o corpo precisa de mais descanso. À medida que o seu organismo for se adaptando, aumente mais um dia de corrida na semana.

Dores fazem parte

Sentir dor após o exercício não é legal. Porém, elas são normais no começo, pois dão o sinal de que músculos, tendões e ossos estão se adaptando à novidade. É exatamente por isso que você deve pegar leve nos treinos, sempre alternando trotes com caminhada quando necessário. E não se preocupe. Logo, logo o seu corpo assimila o exercício e as dores desaparecem!

Trace metas

Defina objetivos relativamente fáceis de serem atingidos, mas que representem algum desafio, como, por exemplo, completar uma prova de 5 km ou eliminar alguns quilos. Isso te ajudará a se manter motivado e a continar treinando.

Saiba respeitar seu corpo

Tenha em mente que você está dando seus primeiros passos no esporte e tem algumas limitações. Por isso, tenha paciência e respeite os seus limites. Nada de querer fazer o mesmo treino que o amigo mais experiente, correr mais rápido do que aguenta ou fazer uma prova sem ter realizado um treino correto.

Prazer acima e tudo

Esqueça, no começo, a vontade de bater recordes de tempo ou distância. Foque, primeiro, no seu desenvolvimento corporal e, principalmente, no prazer em praticar o esporte. Cobrar-se demais logo no começo pode gerar desmotivação e até abandono da prática.

Fonte: o2porminuto
Edição: F.C.



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: