NOTÍCIAS

HOME > NOTÍCIAS



HOME > NOTÍCIAS




DENTAL


Tire suas dúvidas sobre o uso do fio dental

É melhor utilizar antes ou depois de escovar? Tem que recorrer a ele após toda refeição? Dentistas respondem as principais perguntas sobre o assunto.

Publicada em: 08/11/2019



Quando falamos em manter uma boa higiene bucal, a escovação é o primeiro passo que vem à cabeça. Apesar de esse hábito ser de extrema importância, não é a única atitude esperada para conservar um sorriso saudável. Outra medida básica é o uso do fio dental. Segundo pesquisa realizada em 2016 pelo Datafolha a pedido do Conselho Federal de Odontologia (CFO), 57% dos brasileiros utilizam fio dental. Destes, apenas 30% recorrem a ele mais de uma vez ao dia.

Ainda grande parte da população negligencia o cuidado, por vezes sem ter a clareza que a falta dessa ação pode propiciar de uma simples cárie até mesmo doenças periodontais — que afetam a gengiva e o tecido de sustentação dos dentes. O fato é que muitas dúvidas chegam aos consultórios odontológicos sobre como usar o fio dental. Vamos procurar responder as principais questões.

O fio dental deve ser usado em toda escovação?
O fio tem a função de alcançar o espaço entre os dentes aonde nenhuma escova é capaz de chegar. Portanto, pode-se dizer que a higiene bucal só fica completa com a sua utilização. Escolher não usar o fio dental em uma ou outra sessão de higiene é escolher deixar sujas algumas partes dos dentes. Assim, o ideal é que ele seja empregado após cada refeição. No entanto, utilizá-lo ao menos uma vez ao dia já melhora (e muito!) a higiene bucal, de preferência antes de dormir, após a última refeição.

Qual é o melhor tipo de fio para a limpeza?
Não existe um produto ideal. A escolha envolve preferências pessoais ou recomendações profissionais, como um fio mais fino, mais liso ou coisas do tipo. Qualquer fio dental, quando bem usado, é eficiente.

Fio dental é a mesma coisa que a fita?
Quanto à preferência entre fio ou fita dental, a única diferença entre os produtos é sua largura. A fita dentária, mais larga, abrange uma superfície maior no dente. Mas, aplicando a técnica correta, não há diferença entre o fio e a fita em eficiência na limpeza.

Qual é a maneira correta de usar o fio dental?
A pessoa deve colocar o fio com cuidado no espaço entre os dentes para que ele deslize em toda sua superfície lateral, inclusive na parte que é coberta pela borda da gengiva, fazendo leve pressão para que o atrito promova a remoção mecânica da placa bacteriana.

É melhor passar o fio antes ou depois de escovar os dentes?
No geral não faz diferença, a preferência pessoal é que manda. Porém, estudos recentes mostram que o ideal é que o fio seja utilizado antes da escovação.

Crianças também devem usar?
É aconselhado que o fio dental seja inserido na rotina de higiene bucal de crianças, sendo aplicado pelos próprios pais ou cuidadores até que o pequeno desenvolva coordenação motora e habilidade manual para realizar o procedimento sozinho.

Quem tem prótese pode usar o fio?
O uso do fio dental também é importante para pessoas que têm próteses fixas. A única mudança é o método: como os dentes da prótese são unidos, é necessário usar acessórios específicos, como os passadores de fio, que são pequenas agulhas plásticas que permitem que o fio dental seja passado por baixo da prótese. Escovas interdentais também são úteis nessas situações.

E quem tem aparelho fixo?
Indivíduos com aparelhos fixos também podem utilizar ferramentas como o passa-fio e a escova interdental para auxiliar na higiene bucal. A escova pode ser um aliado muito útil, já que ela também alcança a linha da gengiva, complementando a limpeza com o fio.

* Dr. Marcelo Cavenague e Dr. Ricardo S. Jahn são cirurgiões-dentistas e membros da Câmara Técnica de Periodontia do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP)
Fonte: Saúde
Edição: F.C.



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: