NOTÍCIAS

HOME > NOTÍCIAS



HOME > NOTÍCIAS




RESPIRE MELHOR


Saiba lidar com a temporada de baixa umidade do ar

Publicada em: 09/08/2005



Os meses do chamado B-R-O-bros, os mais quentes no Piauí, já estão se aproximando e Teresina começa a registrar queda na umidade relativa do ar, situação climática que provoca ressecamento da pele e dos lábios, irritação nos olhos, sangramento do nariz. Além disso esta condição climática  favorece o contágio por bactérias e fungos que provocam doenças como gripes, resfriados e desencadeamento de processos alérgicos (principalmente rinite e sinusite). Segundo informações do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), na semana passada, a umidade média do ar em Teresina chegou à casa dos 26%, índice considerado  estado de atenção.

Além de Teresina, Imperatriz, no vizinho Maranhão, também chegou a registrar 26% de umidade do ar. De acordo com informações do professor doutor, Milcíades Gadelha, diretor de Recursos Hídricos da SEMAR (Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), a média anual de umidade relativa do ar no Piauí é de 70%, mas nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro esta umidade oscila entre 25% e 30%, proporcionando uma sensação térmica desagradável e de secura. ?O nosso clima é quente-úmido, mas nessa época ele torna-se quente e seco. Agora essa mudança é gradativa e apesar de causar problema de saúde, nós sofremos menos com a baixa umidade se comprados com Brasília, por exemplo, aonde a umidade chega a baixar até 13%?, ressalta.

Para amenizar os inconvenientes desse período de clima seco que se aproxima é importante não permanecer por muito tempo em ambientes climatizados, porque o ar-condicionado tira a umidade natural do ambiente, podendo desencadear crises alérgicas.

Para as pessoas alérgicas a indicação é manter os ambientes limpos e arejados. No caso dos quartos com ar-condicioando mantenha uma vasilha com água para ajudar a umidificar o local. O médico José Cerqueira Dantas comenta:" quem sofre de sinusite  nesta época de baixa umidade observa um agravamento do problema, mas para amenizar a situação existe uma maneira de deixar os ambientes mais úmidos. A solução é adquirir  potes de barro no Poti Velho, colocando-os nos cantos dos quartos de dormir. Completando a água do pote todos os dias, e mantendo-os tampados, é possivel aumentar bastante a umidade do ar, mesmo com o condicionador ligado. É uma medida eficaz e barata?, ensina.

Outro cuidado é com a hidratação, sobretudo, das crianças. Para aqueles que apresentam quadro de rinite alérgica um novo medicamento (Singulair) tem demonstrado resultados muito interessantes. Devem-se evitar também atividades que provoquem perda de líquido, aglomerações e exposição excessiva ao sol, principalmente em horários de temperaturas mais elevadas, como meio-dia. Umedecer o nariz com soro (Salsep, spray)  também é recomendável.

Saiba como está o tempo:

http://www.cptec.inpe.br/

http://www.semar.pi.gov.br/



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: