NOTÍCIAS

HOME > NOTÍCIAS



HOME > NOTÍCIAS




VIVA MELHOR


Cozinhar em tempos difíceis ajuda a ter um dia a dia mais saudável

Aproveite o momento para criar bons momentos com as crianças e melhorar ainda mais a alimentação de quem você ama.

Imagem: Freepik

Publicada em: 18/05/2020



Não é segredo para ninguém que a pandemia afetou nossas vidas em todos aspectos. No entanto, apesar dos tempos difíceis, podemos extrair coisas boas do período, como sentir paz em meio ao caos ou mesmo fazer uma lista de ferramentas que podem nos ajudar a cuidar mais de nossa saúde mental. E, entre as positividades do #fiqueemcasa, as famílias puderam retomar as refeições caseiras.

De acordo com levantamento recente, 88% das empresas incentivaram ou exigiram que seus funcionários trabalhassem em casa. Além disso, com o fechamento das escolas, os pais, invariavelmente, acabam preparando comida com mais frequência.

Essa também é uma forma de encontrar uma atividade para seus filhos. “Envolver as crianças no processo de preparação de alimentos faz com que elas se sintam incluídas e as incentivam a experimentar receitas saudáveis”, afirma Susan Bowerman, nutricionista, Mestre em Ciência e Nutrição dos Alimentos da Herbalife Nutrition.

Dicas de como preparar as refeições

Algumas vezes, no entanto, incluir as crianças no preparo das refeições pode parecer mais um obstáculo do que uma ajuda. Mas, para Susan, manter um senso de normalidade enquanto elas aprendem uma nova habilidade ajuda na evolução do processo. “As crianças acabam aprendendo sobre medidas, a seguir instruções e a ler receitas. Pesquisas também mostram que elas são encorajadas a comer alimentos mais saudáveis ??quando estão envolvidas no preparo das refeições.”

De acordo com um relatório da Universidade de Washington, aqueles que cozinham mais em casa têm uma dieta mais baixa em calorias, açúcar e gordura. Além disso, ir para cozinha pode ser um momento de escuta da alma.

Crie uma rotina para cozinhar

Claro que isso não precisa estar escrito na pedra. Não existe a necessidade de ser “a terça-feira do lanche” ou “a quarta-feira do macarrão”. Mas, às vezes, ter uma diretriz ajuda a evitar indecisões, como não saber o que irá cozinhar no dia. Designe um ou dois dias para como você vai comer, não necessariamente o que vai comer, como segunda-feira sem carne ou um brunch no jantar uma vez por semana. Essa planejamento prévio pode ser de grande valia.

Tenha um estoque de receitas

Use um sistema que funcione para você. Pode ser rasgando páginas de receitas de uma revista e colocando em um fichário ou as salvando no seu computador ou smartphone. Reúna, de preferência, receitas agrade a todos. Você também pode fazer que, entre as tarefas culinárias de seus filhos, esteja reunir as receitas favoritas.

Faça uma lista e compre uma vez por semana

Com as idas limitadas ao supermercado, é importante se preparar fazer compras delivery ou pedidos para viagem. Verifique se você tem ingredientes suficientes na geladeira, no freezer e na despensa para preparar uma sopa rápida ou uma massa. Bons itens para se ter sempre à mão: feijão, atum e tomate; frutas congeladas, vegetais, carnes, peixes, aves; ovos, iogurte, leite e queijo. Escolha os legumes e as frutas que duram mais, como as cítricas, maçãs, cenouras, brócolis, couve-flor, couve, aipo e pimentão.

Fonte: Vida Simples
Edição: C.S. 



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: