FIQUE POR DENTRO

HOME > FIQUE POR DENTRO



HOME > FIQUE POR DENTRO




FIQUE POR DENTRO


Carne e leite orgânicos têm mais nutrientes

Cientistas dizem que há doses extras de ômega-3 nesses alimentos.

Publicada em: 23/02/2016



Os produtos orgânicos, fabricados sem o uso de pesticidas, fertilizantes químicos e drogas veterinárias, estão cada vez mais presentes no prato das famílias. Mas será que eles são mais nutritivos do que os convencionais? Segundo uma nova pesquisa da Universidade Newcastle, no Reino Unido, a resposta é sim – pelo menos no que diz respeito à carne e ao leite. O time de cientistas revisou mais de 260 estudos sobre esses alimentos (tanto as versões orgânicas como as tradicionais) e concluiu que as opções produzidas de maneira natural contêm cerca de 50% a mais de ômega-3. Essa substância, de potente ação anti-inflamatória, ajuda no controle do colesterol, na redução do risco de doenças cardiovasculares, na melhora das funções cognitivas e no fortalecimento do sistema imunológico. E não para por aí: a carne orgânica apresentou menor teor de gordura saturada, que faz mal para o coração. Em declaração ao site da universidade, o professor Carlo Leifert, que liderou o trabalho, disse: “Esse estudo sugere que frutas, verduras, legumes, carne e lácteos orgânicos fornecem quantidades significativamente maiores de antioxidantes e ômega-3”. Vale lembrar ainda que os agrotóxicos têm sido associados a um aumento no risco de uma série de problemas, como câncer e distúrbios hormonais. Em alimentos como carnes, ovos e leite, a enrascada reside no fato de os animais serem tratados com fármacos veterinários, como antibióticos. Aí, a probabilidade de nos tornarmos resistentes a ação desses medicamentos sobe. Nas versões orgânicas, há poucos resíduos desses remédios, porque os bichos em geral são tratados com fitoterapia e homeopatia. 

Matéria completa em Saúde
Edição: F.C.



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: