ARTIGOS

HOME > ARTIGOS



HOME > ARTIGOS




ARTIGO


O bom chefe, segundo o Google

Empresa que ganhou o mundo com seus mecanismos de buscas agora ajuda a identificar os oito mandamentos do bom gestor.

Publicada em: 23/05/2011



?Não seja mau.? O Google é uma empresa que nasceu sob um lema simples de entender e, ao mesmo tempo, difícil de traduzir por meio de práticas no dia a dia. Em 2009, com a criação do Projeto Oxigênio, esse estranho paradoxo passou a ter os seus dias contados. Conhecido como local preferido para se trabalhar de nove em cada dez jovens talentos, o Google assumiu a difícil tarefa de identificar as principais características do bom chefe.

Para isso, empregou a tecnologia que o consagrou: a análise de enormes bases de dados por meio dos quais é possível detectar padrões.

Durante muito tempo, a área de recursos humanos das empresas priorizou experiência, sensibilidade e instinto na avaliação dos profissionais.

Métodos quantitativos de análise eram um instrumento secundário para detectar problemas e propor soluções. Porém, com o aumento consistente de informações estocadas, os recursos de datamining se infiltraram no RH.

Algumas empresas inclusive já oferecem pacotes de serviços para quantificar as chamadas ?métricas de RH? mais relevantes, como dados sobre rotatividade e grau de instrução.

Por se tratar de uma ferramenta de uso interno, a empresa não informa detalhes sobre a metodologia. Mas uma reportagem do jornal The New York Times revela que foram relacionadas 10 mil observações, com mais de 100 variáveis, obtidas a partir de relatórios de desempenho, pesquisas de satisfação e outros levantamentos em escritórios e laboratórios da companhia.

O algoritmo desenvolvido pelo Google correlacionou frases, palavras e reclamações nos informes sobre os gerentes da empresa. O resultado foi condensado em oito tópicos.

A princípio, esses pontos podem soar como máximas genéricas sobre gestão de pessoas. No entanto, depois de estabelecida estatisticamente uma hierarquia da importância dos princípios, surgiram informações consideradas surpreendentes pela administração da empresa.

Uma delas foi que a característica mais valorizada pelos funcionários do Google foi a postura equilibrada dos chefes. Estes também são valorizados por dedicar tempo a encontros exclusivos com os comandados, ajudar na solução de problemas (não apenas ditando respostas) e mostrar interesse na vida pessoal dos membros da equipe.

?No Google, sempre acreditamos que para ser um gestor, particularmente no setor de engenharia, é preciso ter tanto ou mais habilidades técnicas que as pessoas que trabalham para você?, afirma Laszlo Bock, vice-presidente de Recursos Humanos do Google. ?Acontece que esta é uma das coisas menos importantes. Muito mais relevante é criar uma conexão com os funcionários e ser acessível.?

ALÉM DE DOMINAR OS TEMAS TÉCNICOS, GESTORES DO GOOGLE DEVEM SER PRÓXIMOS E ACESSÍVEIS À EQUIPE

Eis o ?octólogo? do bom gestor do Google:

1. Seja um bom tutor
_Faça comentários específicos e construtivos, balanceando aspectos negativos e positivos. Mantenha encontros tête-à-tête regulares, apresentando soluções para problemas específicos de cada funcionário.

2. Dê poder à equipe e não pratique a microgestão_Conceda liberdade a seus funcionários e, ao mesmo tempo, mostre-se disponível para aconselhamento.

3. Expresse interesse no sucesso e bem-estar dos integrantes da sua equipe_Reserve parte do tempo para saber um pouco da vida pessoal dos funcionários e faça o possível para que os recém-chegados se sintam bem-vindos.

4. Seja produtivo e focado nos resultados_Mantenha o foco nos objetivos, mostre como cada um pode ajudar e use sua autoridade para dar prioridades e remover obstáculos.

5. Seja um bom comunicador e ouça seu time_Lembre-se de que a comunicação tem dois lados. Encoraje o diálogo e ouça as preocupações do seu time.

6. Ajude seus funcionários no desenvolvimento de suas carreiras.

7. Tenha estratégias e visões claras_
Envolva todos na confecção e evolução da visão estratégica.

8. Mantenha suas habilidades técnicas-chave, para poder aconselhar seu time_Arregace as mangas e trabalhe lado a lado com a equipe, quando necessário.

 

Fonte: Época Negócios
Enviada por JC
Edição: F.C.
23.05.2011



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: