ARTIGOS

HOME > ARTIGOS



HOME > ARTIGOS




NÃO É O QUE PARECE


Confira algumas das informações erradas sempre repetidas pelos pacientes

Confira algumas das informações erradas sempre repetidas pelos pacientes em dez áreas diferentes.

Publicada em: 01/08/2007



Dizer que as aparências enganam é lugar-comum, mas, tal como a frase feita, muitas afirmações que parecem refletir o bom senso não passam de ilusão. Sabe o sorvete que você acha que causou a sua gripe? Não foi ele. Aquela espinha em seu rosto também não tem nada a ver com chocolate. E, se você se sentiu culpado depois de comer esses doces e pretende perder a barriga fazendo abdominais, esqueça. Essas são apenas algumas das idéias erradas que os médicos costumam ouvir em seus consultórios. Confira a seguir a verdade sobre elas.


NUTRIÇÃO

COMER MASSA À NOITE ENGORDA MAIS

Basicamente, o que engorda é ingerir mais calorias do que as que são gastas. Há, realmente, diferenças na forma com que as várias fontes de energia são metabolizadas, mas o que conta é a quantidade e o balanceamento adequado ao longo do dia, e não a hora exata do consumo de determinado alimento. Carboidratos, como massas, favorecem a produção de insulina, o que facilita a deposição de gorduras, mas, se forem combinados, em porções adequadas, com verduras e uma fonte de proteína, esse efeito praticamente desaparece.

O AÇÚCAR MASCAVO É MAIS SAUDÁVEL QUE O AÇÚCAR BRANCO

O açúcar mascavo passa por menos etapas no refinamento, mas tem o mesmo valor calórico e o mesmo índice glicêmico que o açúcar branco. Também é metabolizado da mesma forma pelo organismo. Por não se dissolver tão facilmente, muitas vezes o açúcar mascavo é acrescentado em quantidades maiores, o que é uma desvantagem.

PESSOAS MAGRAS NÃO PRECISAM SE PREOCUPAR COM O COLESTEROL

A hipercolesterolemia (quantidade elevada de colesterol no sangue) não significa necessariamente excesso de gordura na massa corpórea. O distúrbio, um importante fator de risco para doenças cardiovasculares, pode ter causa genética e se manifestar mesmo em pessoas com peso considerado normal. Também pode ocorrer em pessoas que, por questões orgânicas, dissipam energia mais facilmente, armazenam menos gorduras no corpo etc. e por isso não engordam, mas consomem grandes quantidades de gorduras saturadas ou trans -que se transformam em colesterol "ruim" (LDL), que adere às artérias, formando as placas de gordura.


FITNESS

EXERCÍCIOS ABDOMINAIS DIMINUEM A GORDURA DA CINTURA E DA BARRIGA

A idéia de que é possível escolher a área do corpo que vai emagrecer com a realização de determinada atividade física não faz sentido. O que emagrece é o gasto calórico produzido pelo exercício. Uma série de 20 flexões gasta menos calorias do que um minuto de caminhada. O exercício pode deixar a musculatura abdominal mais forte e definida, mas não é a forma de queimar gordura na barriga.

FAZER ALONGAMENTO DEIXA A PESSOA MAIS ALTA

O alongamento pode aumentar a flexibilidade e a elasticidade do segmento corporal que for alongado e, quando feito sistematicamente, ajuda a prevenir lesões de esporte. Mas não aumenta um centímetro na altura das pessoas. Eventualmente, pode melhorar a postura, o que dá a impressão de que a pessoa ficou mais alta, mas só alongar não é o suficiente para atingir uma correção postural completa e duradoura.

PRATICAR EXERCÍCIO SÓ UMA VEZ POR SEMANA NÃO TRAZ BENEFÍCIOS

Boa notícia para os atletas de fim de semana: embora não seja o ideal, isso pode trazer benefícios para o corpo e para a saúde mental. Os resultados da atividade física dependem de três variáveis: intensidade, duração e freqüência. Se a freqüência é baixa, mas a intensidade e a duração são adequadas, vale a pena, principalmente se o praticante tomar cuidado para não se machucar durante a prática.

GINECOLOGIA

USAR PRESERVATIVO PROTEGE DA INFECÇÃO POR HPV
O preservativo é uma boa prevenção para várias DSTs (doenças sexualmente transmissíveis), das quais a infecção por HPV faz parte. Mas, infelizmente, no caso específico desse vírus, a prevenção oferecida pela camisinha é muito pequena para que a pessoa possa se considerar protegida. O vírus HPV pode estar em qualquer parte da área genital, não necessariamente no pênis, e basta o contato para sua transmissão. Atualmente, a proteção considerada mais eficaz é a vacina contra
HPV.

TOMAR ANTIDEPRESSIVOS E ANSIOLÍTICOS NO INÍCIO DA GRAVIDEZ PODE CAUSAR MALFORMAÇÕES NO FETO

Durante a gestação, o uso de qualquer tipo de medicamento deve ser avaliado pelo médico. Mas não há nenhuma evidência científica relacionando o uso de antidepressivos ou ansiolíticos a malformações fetais. Mesmo no início da gravidez, época considerada mais crítica para a formação do bebê, a possibilidade de esses remédios levarem a malformações é remota.

DURANTE A GRAVIDEZ, É OBRIGATÓRIO FAZER UMA CONSULTA POR MÊS

O acompanhamento pré-natal com consultas mensais pode dar segurança à gestante e favorecer o vínculo com o médico. Mas, estritamente do ponto de vista da saúde da mãe e do bebê, oferece tantas garantias quanto quatro consultas feitas em épocas específicas da gravidez se esta for de baixo risco (85% o são). O Grupo de Investigações do Estudo de Controle Pré-Natal da OMS (Organização Mundial da Saúde) considera ideal a realização de quatro consultas no pré-natal feitas na 16ª semana de gestação, entre a 24ª e a 28ª, na 32ª semana e entre a 36ª e 38ª.


DERMATOLOGIA

CORTAR AS PONTAS DOS CABELOS OS FAZEM CRESCER MAIS RÁPIDO
Cortar as pontas até deixa as madeixas menos quebradiças, mas não influencia em nada no crescimento delas, que ocorre na raiz. Hormônios, idade e questões nutricionais são alguns fatores que influem na velocidade do crescimento dos cabelos.

CASPA É CONTAGIOSA

Como muitos xampus que combatem a caspa têm ação antifúngica, fica a impressão de que o problema é causado por um fungo e que, assim, poderia ser transmitido de uma pessoa para a outra. Só que a caspa não é causada por microorganismos. Trata-se, na verdade, de uma disritmia do couro cabeludo que ocorre em quem tem predisposição e pode ser piorada por alguns estímulos, como mudanças de temperatura, produtos químicos ou estresse. Os fungos são apenas um fator complicador: a partir do momento em que a caspa está instalada, ocorre um maior acúmulo dos fungos que já existem na nossa flora, o que pode irritar a pele e aumentar o problema. Mas eles não "transmitem caspa".

CHOCOLATE CAUSA ACNE

Como a acne decorre do excesso de gordura nas glândulas sebáceas, há quem pense que alimentos gordurosos aumentariam a presença de cravos e espinhas. Mas uma coisa não tem nada a ver com a outra. A gordura do chocolate vai para o sangue, e não para a glândula sebácea da pele. Alimentos com alto índice glicêmico (muito açucarados, por exemplo), esses sim, quando consumidos em excesso, podem piorar a acne, já que, indiretamente, aumentam os níveis do hormônio masculino no organismo, o que intensifica o funcionamento das glândulas sebáceas.


GASTROENTEROLOGIA

COMER EM PÉ FAZ MAL

O ato de comer em pé em si não faz mal. O que atrapalha a digestão é a tensão e o estresse que geralmente acompanham esse costume. É importante fazer as refeições com tranqüilidade, seja em pé ou sentado.

CAFÉ FAZ MAL PARA O ESTÔMAGO

Tomar café com moderação -de duas a três xícaras por dia- não faz mal a quem não tem nenhum problema no estômago. Há estudos que mostram, inclusive, que a bebida pode melhorar o processo de esvaziamento do órgão, favorecendo a digestão. O café só pode fazer mal a quem tem doenças como refluxo e gastrite -e, mesmo assim, não provoca esses problemas, apenas pode aumentar os sintomas em quem já é doente. Além disso, muitas vezes o culpado nem é a bebida, mas o excesso de açúcar usado para adoçá-la.

DOENÇAS DO FÍGADO CAUSAM AFTA E MAU HÁLITO

O fígado é culpado por muitos problemas injustamente. O gosto amargo sentido por algumas pessoas com mau hálito, por exemplo, pode dar a sensação de que o responsável é esse órgão. Mas isso raramente acontece. Geralmente, a origem está na própria boca. As doenças do fígado, aliás, costumam provocar poucos ou nenhum sintoma e apenas eventualmente atingem o aparelho digestivo.


PEDIATRIA

ALGUMAS MÃES TÊM LEITE FRACO E O BEBÊ FICA COM FOME

Não existe leite materno mais ou menos "fraco". Ele é sempre adequado às necessidades do lactente, inclusive mudando a sua composição conforme o bebê vai crescendo. O leite materno parece mais "ralo" e é mais translúcido do que o leite de vaca porque contém menos proteínas, mas é o único que possui todas as substâncias necessárias para o desenvolvimento da criança, na forma que ela pode digerir.

CRIANÇAS ENTRE CINCO E SEIS ANOS QUE NÃO ENGORDAM PRECISAM SER ESTIMULADAS A
COMER MAIS

Na faixa etária entre cinco e seis anos, há uma desaceleração natural do crescimento e do ganho de peso. Isso é previsível e considerado absolutamente normal pelos médicos. Nessa fase, é importantíssimo respeitar o apetite e a saciedade da criança, para que ela possa desenvolver bons hábitos alimentares e corra menos risco de ter sobrepeso ou se tornar obesa.

REMÉDIOS "NATURAIS" SÃO MAIS INDICADOS PARA CRIANÇAS PORQUE NÃO TÊM EFEITOS COLATERAIS

Todo remédio que funciona tem efeito colateral. Medicamentos à base de plantas, considerados "naturais", ou drogas sintetizadas em laboratórios têm sempre um princípio ativo que leva ao efeito desejado em determinada dose. Essa não costuma ser a dosagem contida naturalmente em um vegetal. Se for menor do que a necessária para surtir efeito, pode contribuir para o agravamento da doença; se a dose for maior, aumenta a probabilidade de ocorrerem efeitos colaterais.


OFTALMOLOGIA

VER TV MUITO DE PERTO PREJUDICA OS OLHOS

Muitos pais ficam preocupados quando vêem que seus filhos estão assistindo à TV muito de perto e tentam afastá-los por acharem que isso causará prejuízo para a visão. Na verdade, o que ocorre é o inverso. Crianças que ficam muito próximas da TV o fazem, normalmente, por já possuírem alguma deficiência visual -daí a necessidade de ficar a curta distância.

LER EM UM VEÍCULO EM MOVIMENTO PROVOCA DESCOLAMENTO DE RETINA

O descolamento de retina nunca é provocado pelo ato da leitura ou por um veículo em movimento nem pelos dois simultaneamente. Trata-se, na verdade, de um problema que ocorre por um trauma sobre os olhos ou, na maioria dos casos, de forma espontânea, devido a uma doença da própria retina chamada degeneração periférica.

ÁGUA COM SAL COMBATE CONJUNTIVITE

A conjuntivite é uma doença inflamatória da conjuntiva (membrana que reveste internamente as pálpebras), que pode ser causada por bactéria, vírus e alergias irritativas -a produtos químicos, por exemplo. A utilização de água com sal costuma deixar os olhos ainda mais vermelhos.


OTORRINOLARINGOLOGIA

QUANDO O NARIZ SANGRA, É PRECISO FICAR COM A CABEÇA PARA O ALTO

Quando ocorre um sangramento do nariz, a reação quase instintiva é levantar o queixo e inclinar a cabeça para trás, para não deixar o sangue escorrer. Nessa posição, o sangue escorre do nariz em direção à garganta e pode, eventualmente, descer para o pulmão. A recomendação em caso de sangramento é abaixar a cabeça e, ao mesmo tempo, pressionar as narinas com o indicador e o polegar para estancar o sangue.

TOMAR SORVETE NO INVERNO CAUSA GRIPE E DOR DE GARGANTA

O que causa a gripe e a maioria das doenças de garganta são vírus. No inverno, fatores como poluição, baixa umidade e aglomerações em locais fechados fazem com que alguns vírus se propaguem mais facilmente, aumentando a incidência dessas doenças. A aparente relação entre tomar algo gelado e contrair a infecção ocorre porque a oscilação térmica pode propiciar pequenas alterações nos mecanismos de defesa do organismo, abrindo as portas para a contaminação, mas nunca é a causa delas.

EXCESSO DE CERA É PREJUDICIAL AO OUVIDO

A cera produzida no ouvido tem substâncias bactericidas e protege as áreas internas do órgão da umidade. Não há indicação de que precise ser retirada regularmente. Se não provoca incômodo, zumbido, dor ou dificuldade de audição, não há por que removê-la.


UROLOGIA

TODO IDOSO TEM INCONTINÊNCIA URINÁRIA

Muita gente considera a perda involuntária de urina um fato típico da velhice. Mas a incontinência não deve ser encarada como algo natural: é doença e tem tratamento. Nos homens, geralmente o problema ocorre naqueles que passaram por cirurgia contra câncer de próstata. Nas mulheres, as causas são variadas: aquelas que tiveram muitos partos desassistidos ficam mais suscetíveis. Fazer rotineiramente exames de próstata, no caso dos homens, e avaliação urológica, no caso das mulheres, ajuda a prevenir o problema. Para quem já apresenta os sintomas, cirurgia ou fisioterapia oferecem grande chance de melhora.

VASECTOMIA CAUSA IMPOTÊNCIA

O procedimento consiste apenas na ligação dos canais que transportam o espermatozóide e não influencia em nada a potência ou o desejo sexual. O homem que passou por vasectomia continua ejaculando normalmente, só que o líquido seminal liberado não possui espermatozóides -a diferença no volume do sêmen não é perceptível.


ODONTOLOGIA

MAÇÃ LIMPA OS DENTES

Não há nenhuma substância na maçã que higienize os dentes. Para colocar essa crença popular à prova, um dentista chamado Sumter Smith Arnim fez, em 1965, uma experiência simples: passou soluções com corantes nos dentes de voluntários e pediu que mordessem uma maçã. Como os dentes continuaram coloridos, o mito foi derrubado.

GRÁVIDAS TÊM MAIS CÁRIES

Há quem diga que a gestante perde o cálcio dos dentes para formar as estruturas mineralizadas do bebê e que por isso ela fica mais desprotegida e propensa a cáries. Mentira: o cálcio que vai para o bebê provém dos alimentos que a mãe ingere, e não de seus dentes. O que ocorre na gravidez é que, por questões hormonais, as mulheres podem ficar mais suscetíveis a apresentar inflamação na gengiva -o que é conhecido como gengivite gravídica. Esse problema pode ser facilmente evitado com uma boa higienização bucal, que não é diferente da recomendada para qualquer outra pessoa.

ALIMENTOS QUENTES OU GELADOS CAUSAM DOR DE DENTE

Se o dente dói quando entra em contato com algum alimento frio ou quente, provavelmente é porque é hora de ir ao dentista. Os dentes possuem sensores de frio e calor que permitem suportar as temperaturas dos alimentos que normalmente ingerimos (uma xícara de café, um sorvete, um refrigerante etc). Quem sente dor nesses casos pode ter hipersensibilidade dentinária, problema que deixa uma parte do dente -a dentina- exposta.
Fontes


Fonte: Folha de São Paulo
Edição: F.C.
01.08.2007



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: