ARTIGOS

HOME > ARTIGOS



HOME > ARTIGOS




ARTIGO


A informação é a base para o controle do Diabetes

Publicada em: 13/11/2005



Atualmente, estima-se que 10 milhões de Brasileiros sejam portadores de algum tipo de diabetes Mellitus, sendo que metade destes desconhece o problema. Há uma prevalência de 7,6%, na faixa etária de 30 a 69 anos, em pessoas que moram na região urbana, refletindo assim o impacto sócio-econômico que tal patologia gera no âmbito nacional.

O diabetes Mellitus é uma condição de relevante impacto no dia-a-dia do portador, já que suas complicações refletem perdas de incalculáveis valores, sejam financeiros ou emocionais que resultam em piora da qualidade de vida e alto custo em seu tratamento. Caracterizando assim a diabetes Mellitus em um dos mais importantes problemas de saúde pública nacional e mundial.

Embora a ciência e o governo estejam em constante e incansável corrida para avanços tecnológicos buscando a cura e meios para o alcance de bons controles glicêmicos. A informação é  e sempre será a base para um controle eficaz das taxas de açúcar (glicemia), resultando num viver bem para o portador de Diabetes. A aceitação da doença e a adoção de hábitos saudáveis como prática esportiva, alimentação balanceada e orientação quanto às formas de tratamento são os ingredientes primordiais para a construção de uma vida de melhor qualidade para o portador de Diabetes.

A prevenção do diabetes Mellitus tipo 2, já que o diabetes Mellitus tipo 1 é uma doença autoimune e não tem prevenção, depende dos hábitos de vida, pois o seu desenvolvimento está intimamente ligado ao sedentarismo, ganho de peso, alimentação rica em massas e gorduras. Atitudes estas que fazem parte da vida da maioria dos brasileiros e porque não dizer do ser humano. Portanto, para prevenir diabetes você tem que se mexer, correr, pular, andar, optar por uma alimentação rica em frutas e verduras e pobre em massas, açúcares e gorduras. Assim, você combate a obesidade, o sedentarismo, as deslipidemias que são
fatores de risco para o diabetes.

É importante que se diga: A maioria das complicações do diabetes Mellitus, tanto do tipo 1 quanto do tipo 2 são somente controláveis, mas não curáveis. As seqüelas adquiridas são irreversíveis. Previna-se antes que ocorram complicações.

Nesse contexto, enfatizamos que a cada dia o mundo do portador de diabetes se desenha de uma forma diferente, com altos e baixos, tentando refletir um caminho de esperança e o alertando sobre o conhecimento, na busca da qualidade de vida.

Conviva com diabetes, informe-se, atualize-se sobre o assunto.  Consciência, aceitação e disciplina são essenciais para uma vida saudável e sem complicações para o diabetes.


Por Magda Coeli, Coordenadora do Programa “Mais Por Você” e Rogério Santiago Araújo, Endocrinologista.



Comentários (0)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.







Destaques: