HOME > VIDA LEGAL



HOME > VIDA LEGAL




VIDA LEGAL


5 sugestões para quem só consegue fazer exercício à noite

Usar esse momento do dia para mexer o corpo não quer dizer que sua noite de sono será afetada - e aqui estão dicas certeiras para evitar isso.

Publicada em: 02/01/2018



Em meio às obrigações e à correria do cotidiano, cada vez mais gente tem recorrido ao momento em que os outros dormem para conseguir malhar. Será que isso contraria, no entanto, nosso tal relógio biológico? Não necessariamente! Certos cuidados podem driblar os efeitos indesejáveis da prática esportiva à noite. Fique por dentro:

1. Evite exageros
Extrapolar os próprios limites praticando atividades físicas muito intensas noite adentro atrasa o sono e provoca fortes dores. Considere os sinais de cansaço se não quiser rolar na cama em seguida.

2. Fique de olho no rótulo
Muitos produtos recomendados para antes ou depois da malhação contêm substâncias estimulantes. Opte pelos suplementos cuja formulação não inclui cafeína, efebrina, derivados do guaraná, e componentes similares.

3. Apague as luzes
Ao sair do treino, fuja da exposição à luminosidade. “Televisores, smartphones e afins também devem permanecer desligados”, avisa Antonio Herbert Lancha Jr., professor de educação física da Universidade de São Paulo (USP).

4. Esfrie os ânimos
Tomar um bom banho morno após o treino relaxa e agiliza o processo de estabilização da temperatura, desacelerando as funções do organismo. Deve-se esperar alguns instantes se preferir água gelada.

5. Equipe-se direito
Se a ideia é correr ou andar de bike pelas ruas, peças de roupa com detalhes fluorescentes para o frio ou o calor são indispensáveis na prevenção de acidentes. Locais movimentados mas com poucos carros devem ser priorizados.

Fonte: Saúde
Edição: F.C.